CBS SELEÇÕES - RESULTADOS DA QUARTA ETAPA

 

De longe, o maior evento esportivo realizado em Itapuama, o Itapuama Surf Festival celebrou antes de tudo, um estilo de vida saudável, sustentável, inclusivo e de muito respeito e amizade.

 


 

Grandes nomes internacionais como Carlos Burle, bicampeão mundial de ondas gigantes e Teco Padaratz, bicampeão mundial pelo WQS se juntaram as lendas locais Cláudio Marroquim (Campeão brasileiro máster) e Roberto Pino, o melhor surfista anão do mundo.  Roberto se tornou nesta etapa do circuito, o símbolo de superação de preconceitos e tabus e a prova viva de que com determinação e incentivo honesto dos amigos não há nada que não possa ser feito.

Carlos Burle desafiou Pino para mais uma bateria especial que levantou a todos na praia.  Além de mais 15 minutos de pura diversão, a ideia principal era gerar boas imagens para o filme “Gigante por natureza”.  Burle tem trabalho neste filme com muito carinho, onde ele conta sua história de sucesso e muito trabalho levantando a bandeira pernambucana sob as ondas mais assustadoramente gigantescas do mundo. Ondas mortais como Teahoopoo, Jaws e Nazareth já foram vencidas por 

Carlos Burle e neste filme ele nos conta como esta experiência pode transformar e enriquecer a vida de um homem e sua forma de olhar para o mundo.


 

Gigante por Natureza entra em cartaz em janeiro de 2015.


 

Teco Padaratz, além de nos mostrar que ainda continua com o surf no pé, nos mostrou o surf também em suas canções, num Luau que lotou a praia de Itapuama no início da noite de ontem.  Teco que também participou da bateria especial com Burle, Marroquim e Pino, é um dos surfistas brasileiro que mais inspirou a vontade de aprender a surfar na maioria dos atletas que hoje estão participando desta etapa do Circuito Brasileiro Amador.

 


Quem veio competir ou participar de outra forma, pode viver um pedacinho de seus sonhos.

 


Na competição por equipes, vitória da equipe pernambucana que demonstrou o resultado de todo um ano de trabalho da Federação Pernambucana de Surf.  Trabalho focado na vida destes jovens dentro e fora da água.   Os meninos voaram das ondas que conhecem como ninguém, para colocar a bandeira de Pernambuco no ponto mais alto do pódio. 

 


Na final individual Open, as cores pernambucanas ficaram sob a responsabilidade de Ivan Silva.  O garoto botou seus sonhos pra voar em manobras aéreas combinadas com Cut backs precisos com muita água pra frente, mas acabou a competição em quarto lugar.

 


A vitória individual ficou com o paraibano José Francisco que não tomou conhecimento dos adversários e surfou uma bateria de mundial. Dois aéreos muito altos rederam duas das maiores notas da etapa, não satisfeito, completou com um floater cheio de estilo com os braços para trás.

 


Na categoria Junior, mais uma vez o índio voador Elivelton Santos esteve no lugar mais alto do pódio.

 


“Fiquei triste por não ter levado a vitória também na open, mas Deus está no controle. Tenho treinado todos os dias e me dedicado muito ao surf para aprimorar meu estilo com manobras novas” – Afirmou Elivelton Santos mostrando que já esta se acostumando a vencer em mais de 1 categoria por evento.  Na verdade, Elivelton já chegou a vencer várias vezes em três categorias.  Pro, Open e Junior.

 


As meninas foram muito bem representadas na categoria Feminino Open pela bela carioca Karol Ribeiro.  Ela que teve de deixar a amizade na beira da praia para enfrentar Daniele Albuquerque (BA), Rayssa Fernandes (PB) e Yanka Costa numa final dramática.  Drama com final feliz para Karol que levou a medalha de ouro para comemorar no Rio de Janeiro.

 


No feminino Junior, Larissa dos Santos mostrou seu favoritismo e só encontrou ela mesma como adversário.  Larissa parecia estar um pouco ansiosa no inicio da sua final contra Yanka Costa, Carol Sousa e sua irmã Yanka dos Santos.  Um pouco mais concentrada, Larissa soube se encontrar para mandar duas pancadas que lhe renderam a média 14.50 para ser campeã.

 


Na mirim, um duelo equilibrado onde Wallace Jr. (BA) levou a melhor deixando Rafael Tigrão (CE) e Douglas José quase empatados em segundo e terceiro lugar respectivamente e Deividson Santos (PE) em quarto.

 


Na iniciante, outro duelo eletrizante até o último minuto, duelo que poderia ter valido o título brasileiro de equipes.  Cauã Nunes é um garoto que certamente só esta na categoria iniciante devido à idade.  Ele já vem mostrando crescimento acelerado tanto em técnica quando em experiência no ambiente de competição. 

 


No entanto, o dia hoje era do baiano Daniel Matos.  Também com surf de gente grande, Daniel surfou redondo e soube muito bem escolher as ondas para ser o campeão da categoria, o que deixou a decisão do título por equipes para mais tarde.

 


O Itapuama Surf Festival é uma realização da Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, Empetur, Secretaria de Turismo, Governo de Pernambuco, Federação Pernambucana de Surf, CBS e ANS.

 


Recebe o apoio da Real Magia, Teccel, Trópicos Hotel, Sunset Temakeria, Gold Island, Marands, Rotator e Parador 081.

 


Resultado Oficial

 

Open

 

  1. José Francisco
  2. Ivan Silva
  3. Emanuel de Sousa
  4. Elivelton Santos

 

 

 

Junior

 

  1. Elivelton Santos
  2. Wallace Jr.
  3. Tiago Silva
  4. Ivan Silva

 

Mirim

 

  1. Wallace Jr.
  2. Rafael Tigrão
  3. Douglas José
  4. Deividson Santos

 

 

 

Iniciante

 

  1. Daniel Matos
  2. Cauã Nunes
  3. Wellington Reis
  4. Vitor Ferreira

 

 

 

Feminino Open

 

  1. Karol Ribeiro
  2. Rayssa Fernandes
  3. Yanka Costa
  4. Daniele Albuquerque

 

 

 

Feminino Junior

 

  1. Larissa dos Santos
  2. Yanka Costa
  3. Carol Souza
  4. Yanka dos Santos 

 

 

 

SERVIÇO:

 

Itapuama Surf Festival

 

Quarta Etapa do Circuito Pernambucano e Nordestino de Surf Pro/AM
Quarta Etapa do Circuito Brasileiro de Surf Amador

 

Luau Teco Padaratz e Banda 5´11´´ e Banda Bob Tyson (Charlie Brown Jr. Cover).

 

De 23 a 27 de julho de 2014

 

Praia de Itapuama – Pernambuco

 

 

 

Claudio Damangar – Assessoria ANS

 

81 9758 5030 – 8691 0606

 

damangar@gmail.com