CBSurf Júnior Tour define na Paraíba seleção ao ISA Califórnia

CBSurf define na Paraíba seleção Júnior para o Mundial na Califórnia


Ainda comemorando a recente vitória da seleção brasileira mais o ouro de Ítalo Ferreira (RN), prata de Silvana Lima (CE) e o bronze de Gabriel Medina (SP), nos Jogos Mundiais de Surf 2019, a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) finaliza dias 28 e 29em Intermares, Cabedelo, Paraíba, o CBSurf Junior Tour, o circuito brasileiro de seleções com disputas Sub 16 e Sub 18 Masculinas e Femininas, além do campeonato da categoria Iniciantes, a Sub 14.


Da etapa e 2019 


Cabedelo apresentará nos últimos pódios da temporada não só os melhores da prova, incluindo a seleção estadual primeira na etapa, mas também os campeões da temporada.


A anfitriã quer título inédito na etapa e para isso contará com as estreias de atletas na Sub 16 Feminina e a volta de Nalanda Carvalho na Sub 18, além de nomes fortes como Kauã Hanson (Quarto da Mirim 2018), João Henrique e Reginaldo Guinho entre os reforços.

 Três paraibanos somaram pontos na recente passagem da Confederação por Santa Catarina, um campeão 2016 e hoje vice Sub 14 Yuri Barros, os Sub 18 Felipe Alves (Quarto na Sub 18 ano passado) e Gustavo Henrique, sendo que Yuri corre por fora buscando vaga Sub 16 no Mundial.


Líderes e top 3

Júlia Duarte é o Rio de Janeiro no topo do ranking da categoria Sub 18 feminina com 1.730 pontos, Majú Freitas, também fluminense, está logo atrás, com 1.720, enquanto a paulista Sophia Medina, terceira com 1230, hoje não usaria a vaga por estar garantindo ida ao Mundial no trio Sub 16, o que se confirmando em Cabedelo acirra a luta pela vaga número três da Júnior, especialmente entre a catarinense Pamela Mel e a dupla paulista Sophia Gonçalves e Naire Marquez SP.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, oceano, texto e água

Cartaz Kayan Medeiros by Fabriciano Júnior

Na Sub 16 delas dobradinha paulista na ponta com Isabela Saldanha tendo 1860 pontos e a prima Sophia Medina 1590, enquanto a terceira vaga está com Mariana Areno, do Rio de Janeiro, que se machucou antes da final Sub 16 em Santa Catarina e mesmo assim tem 1400 pontos e boa margem em relação as que correm mais atrás.

O catarinense Leo Casal subiu  à liderança Sub18 acumulando 1.720 pontos de dois vices, enquanto seu conterrâneo Heitor Mueller saiu de quarto para  segundo lugar com 1.670 pontos, sendo o potiguar e ex líder Lucas VIcente Silva terceiro com 1360 pontos que o baiano Diogo Santos chega próximo com 1340,  colocação que o garante provisoriamente na Califórnia, já que Leo Casal figura hoje no trio da Sub 16 que está garantindo vestir o uniforme verde amarelo em Huntington Beach.

O paulista Caio Costa lidera a Sub 16 com 1.610 pontos, o paranaense Kainan Meira se manteve segundo tendo agora 1.530 pontos, seguido do  catarinense que largara na frente Leo Casal que após duas totaliza 1.500 pontos.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, oceano, água, atividades ao ar livre e natureza

Leo Casal Foto Beno Silva

Na Sub 14 Ryan Kaynalo venceu à abertura na Bahia vindo de seu estado, São Paulo, e garantiu nova conquista indo a Santa Catarina direto da Indonésia, o que lhe deixou com folga na busca de confirmar o título iniciante que em 2016 foi de Yuri Barros, representante da anfitriã Cabedelo e que aparece entre ranqueados na Sub 16, na qual já fez final precoce em temporada passada do prestigioso CBSurf Junior Tour.


Paraíba na rota da Califórnia


Os três primeiros da CBSurf na Sub 16 e Sub 18 Masculino e Feminino vão à

Califórnia, Estados Unidos, disputar com despesas pagas o ISA World Junior Surfing Championship, o campeonato mundial junior da Associação de Surf Internacional(ISA), informalmente chamado de "Jogos Mundiais de Surf Júnior".



Medina e Toledo


 "Em edições distintas o ISA World Júnior foi vencido por dois grandes destaques do surf do Brasil na atualidade: o bicampeão Gabriel Medina conquistou na Sub 18 à edição 2010 do ISA Júnior na Nova Zelândia e o hoje líder do circuito mundial Filipe Toledo faturou o título mundial Sub 16 no Peru em 2010,  competindo na seleção de base do surf brasileiro ostentando o título brasileiro Sub 18 garantido antecipadamente com vitória no mesmo Mar do Macaco, Intermares" ressaltou Adalvo Argolo, presidente da Confederação Brasileira de Surf.


Surfe de base valorizado


 "Desta vez a vinda à bela Paraíba será

com importância maior, sendo etapa final e inclusive a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) confirma que os três melhores da Sub 16 e Sub 18 de 2019, vão ter despesas de viagem e hospedagem no Mundial Junior pagas através da CBSurf.


 Reforçamos que  todos com chances agilizem os documentos necessários conforme há muito já advertido." concluiu o dirigente Adalvo Argolo, que recentemente desembarcou do Japão com o primeiro troféu de campeão do Brasil entre seleções absolutas (Sem limite de idade) de surfe nesse milênio, se somando a outro que o Brasil obteve em casa há 19 anos, quando então a Sub 18 era uma de muitas outras categorias inseridas mas apenas no masculino, o que mudou em 2003, ano em que o Brasil contou na seleção com o campeão mundial 2015 Adriano de Souza.



Sub 18 Masculino



1 Leo Casal SC 2 860 2 860 1720


2 Heitor Mueller SC 4 670 1 1000 1670


3 Lucas Vicente RN 1 1000 25 3601360


4 Diogo Santos BA 5 610 3 730 1340


5 Pedro BianchiniSP 7 555 10 488 1043


Sub 18 Feminino


1 Júlia Duarte RJ 1 1000 3 730 1730


2 Majú Freitas RJ 2 860 2 860 1720


3 Sophia Medina SP 3 730 9 500 1230


4 Pamela Mel SC 5 610 5 610 1220


5 SophiaGonçalvesSP4 670 9 500 1170 5 Naire Marquez SP 9 500 4 670 1170


Sub 16 Masculino



1 Caio Costa SP 5 610 1 1000 1610


2 Kainan Meira PR 2 860 4 670 1530


3 Leo Casal SC 1 1000 9 500 1500


4 Luiz Mendes SC 3 730 3 730 1460


5 Heitor Mueller SC 19 390 2 860 1250



Sub 16 Feminino



1 Isabela Saldanha SP 1 1000 2 860 1860


2 Sophia Medina SP 2 860 3 730 1590


3 Mariana Areno RJ 3 730 4 670 1400


4 Naire Marquez SP 5 610 7 555 1165


5 Kemily Sampaio SP 4 670 13 450 1120


Campeonato de Iniciantes Sub 14


1 Ryan Kainalo SP 1 1000 1 1000 2000


2 Yuri Barros PB 2 860 7 555 1415


3 Guilherme Fernandes SP 3 730 4 670 1400


4 Antonio Vitorino SC 7 555 5 610 1165


5 Rayan Fadul BA 4 670 10 488 1158