Brasil pódio no Longboard Mundial

 A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre

 Brasil é 4º colocado e Chloé Calmon garante medalha de bronze e

por equipes no mundial dos pranchões, em Biarritz, na França

 

Mais uma vez o Brasil ficou entre os melhores do Mundo no surf. Desta vez nos famosos pranchões. No último domingo (2), a carioca Chloé Calmon garantiu a medalha de bronze no ISA World Longboard Surfing Championship, em Biarritz, na França. Por equipes, a seleção verde e amarela terminou em quarto lugar, entre 32 nações participantes. O evento também definiu os dois últimos integrantes brasileiros para os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, com Chloé e o paulista Wenderson Biludo mantendo as vagas conquistadas do PASA Games.

Time Brasil CBsurf/COB pódio em Mundial de Pranchões Foto Jimenez

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas no palco e multidão

Com suporte Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), o time brasileiro na França também teve a pernambucana atual campeã brasileira Atalanta Batista, em sétimo lugar, o carioca Phil Rajzman na 13ª colocação e Biludo como 29º colocado. Para o Pan de Lima, as vagas poderiam ser alteradas, caso Atalanta e Phil fossem os melhores das Américas ao final do torneio em Biarritz.


O Brasil também garantiu o quarto lugar no tag team Aloha Cup, uma disputa no formato revezamento, com os quatro atletas participando. Na disputa individual, Chloé disputou dez baterias para subir ao pódio e colocar a medalha no peito. No round 2 ela caiu para a repescagem, sendo obrigada a surfar quatro baterias a mais para garantir sua vaga na finalíssima.

“Fiquei muito feliz por voltar para casa com três medalhas e por saber que estou no caminho certo”, vibrou a Chloé, referindo-se também às medalhas por nações e no Aloha Cup. “Foi uma semana intensa de campeonato, corri 12 baterias no total (com o Aloha Cup). Biarritz é um lugar muito especial para mim, onde comecei minha carreira internacional há noe anos, então voltar e conquistar uma medalha aqui foi mágico”, complementou a surfista, que também é a líder do ranking mundial da categoria da World Surf League (WSL).

Chloé Calmon Foto ISA Jimenez

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre

Com a confirmação das duas últimas vagas, o Brasil já tem seus oito atletas que disputarão os Jogos Pan-Americanos de Lima, em Punta Rocas. Junto com Chloé e Biludo, estão escalados Robson Santos e Karol Ribeiro no surf; Luiz Diniz, bicampeão mundial no ISA, e Nicole Pacelli, que também já levou ouro no ISA, no stand up paddle (SUP) wave; Lena Ribeiro, que este ano garantiu duas medalhas de ouro nos Jogos Sul-Americanos de Praia, na Argentina, e Vinnicius Martins, atual vice-campeão pan-americano, no SUP Race.

 

RESULTADOS DO BRASIL NO ISA WORLD LONGBOARD SURFING GAMES 2019

EQUIPES

4º LUGAR GERAL (medalha de cobre)

4º LUGAR NO ALOHA CUP (medalha de cobre)

 

FEMININA

Chloé Calmon – 3º lugar (medalha de bronze)

Atalanta Batista – 7º lugar

 

MASCULINA

Phil Rajzman – 13º lugar

Wenderson Biludo – 29º lugar

 

EQUIPE DO BRASIL CONFIRMADA PARA OS JOGOS PAN-AMERICANOS DE LIMA 2019

SURF

Robson Santos – SP

Karol Ribeiro – RJ

 

LONGBOARD

Wenderson Biludo – SP

Chloé Calmon – RJ

 

SUP WAVE

Luiz Diniz – SP

Nicole Pacelli – SP

 

SUP RACE

Lena Ribeiro – RJ

Vinnicius Martins – RJ